Última atualização em .

a análise da semana 21/08/17 tem projeção de fortes ganhos

a análise da semana 21/08/17 tem uma empresa nova no rol de estudos da FBC. Tenho acompanhado há alguns meses muito proximamente a agenda diária dessa empresas por interesse muito pessoal. A análise da semana rompe paradigmas foi com a SABESP (SBSP3), pelo fato de ter uma certa resistência pessoal em empresas geridas pelo poder público. Afinal, Brasil é um país aonde a gestão pública tem historicamente se mostrado inepta em resultados econômicos na geração de lucros sustentáveis.

A SABESP divulgou recente o resultado do 2T de 2017 com lucro líquido de R$ 332 milhões bem inferior ao esperado pelo mercado de R$ 425 milhões. As ações despencaram 15% desde então. Estão sendo negociadas em R$ 30,65 mas calculo um preço-alvo potencial de R$ 60,28 de valor patrimonial. A minha Valuation para a empresa é de R$ 41,2 bilhões. O mercado reagiu muito mal a esse resultado de forma irracional, pois a empresa cresceu 2,9% no volume de fornecimento de água e 2,4% na coleta de esgoto, resultados melhores que outras empresas como SANEPAR e COPASA (CSMG3) que reduziram esses indicadores. A empresa teve uma receita operacional bruta de R$ 2,9 bi com alta de 6,5% e receita operacional líquida de R$ 3,5 bi superior em 1,6% ambas com relação ao mesmo período do ano passado. E mesmo com elevação nos custos e despesas em 5,1%, que foram de R$ 2,7 bi.

 

A empresa melhorou em vários indicadores operacionais. O mercado não precificou a melhoria operacional. Vai entender...

A Arsesp, agência reguladora de serviços de saneamento e energia do Estado de São Paulo, deu prazo de 120 dias para a Sabesp entregar um laudo atualizado de ativos que servirá de base para o cálculo da segunda revisão tarifária da companhia, em 2017. Há um temor que seja concedido um reajuste na tarifa menor que a empresa venha a requerer. Rumores... A quem interessa? Acho que tem trade querendo derrubar o papel para entrar mais baixo...

A minha projeção de faturamento para a empresa para os próximos anos

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário