Última atualização em .

Oi entrega atualização anêmica do plano de recuperação judicial

Oi não conseguiu estruturar um plano operacional reformulado de sua recuperação judicial e econômica, devido a ausência de um acordo entre credores e acionistas. A operadora apenas apresentou essa semana para a Anatel um documento relatando a sua situação financeira e operacional, e o status atualizado das negociações com credores. O que o presidente da companhia se agarra é na expectativa de injetar R$ 8 bi na empresa, sendo R$ 5 bi de capital e R$ 3 bi de conversão de dívida.

O presidente da companhia, Marco Schoder, afirmou que o plano de recuperação apresentado em março não será o mesmo que irá à assembleia de credores. No plano original, a proposta da Oi era que os credores financeiros ficassem com 25% do capital após a reestruturação. A empresa tem que apresentar o plano reformulado até dez dias antes da primeira convocação da assembleia.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário