Última atualização em .

Austeridade e (des)investimentos: a única saída para a crise do RN

INTRODUÇÃO

como escrevi em meu artigo anterior O RN quebrou? as causas para o travamento das atividades básicas do estado se dá única e exclusivamente pelo impacto da folha + previdência sobre o orçamento aliado à inabilidade em gestão de prioridades de desembolsos e uso dos recursos em caixa. É necessário ampliar o debate para um desejo popular em escolher representantes para o executivo que sejam minimamente habilitados e que desejem uma administração baseada em princípios de bem-estar social e gestão responsável dos recursos do contribuinte.

Não há como mais tolerar a velha política irresponsável com os recursos dos pagadores de impostos, não priorizando o bem-estar social em suas necessidades mais básicas: saúde, educação, segurança e uma economia saudável que favoreça o empreendedorismo e a prosperidade das famílias.

O RN está prester a falir. Assim como ocorreu no RJ, RS e MG foi pela incapacidade de gestão e de entendimento que os recusos são escassos que levaram esses estados a falir, o mesmo ocorrerá aqui. O RN ainda guarda muitas mais semelhanças com o RJ, principalmente. Em ambos, uma cultura de empreguismo público e baixa vocação empreendedora levou o RJ a descumprir a LRF (Lei de Responsabilidade Fiscal nº 101/2000) usar de forma irresponsável os recursos não os empregando prioritariamente em saúde, educação e segurança... O resultado é um estado gigante e que entrega serviços públicos péssimos, com folha atrasada e celeiro altivo para bandidos de colarinho branco... a baixa "imunidade" da sociedade contra a doença da corrupção aqui no Brasil é endêmica e endógena, pois que se alastra partindo de dentro de nós mesmos, nessas pequenas corrupções diárias do suborno, do colar na prova, do estacionar em vaga de portador de necessidade especial, de f@##$ o congestionamento eu vou aqui pelo acostamento mesmo e que se lasque os trouxas que estão aguardando como otários que são... Eu sou brasileiro, eu sou ixpéértu... E com esses maus exemplos na política, que são a projeção de nós mesmos, surge um reforço negativo no aprendizado da vida social no BR: nos acostumamos com o absurdo dos serviços públicos ruins, com morrer em fila de hospital em assaltos e nos inspira a vida mais fácil de ganhar sem o devido esforço... O estudo e o trabalho duro, honesto, são coisas de otário nesse nosso país esculachado...

Bom, vamos aos fatos...

A PREVIDÊNCIA DO RN E DO BRASIL PRECISA DE REFORMAS PARA ASSEGURAR DIREITOS

Três coisas bem visíveis em quem critica a reforma da previdência são 1) são de esquerda, 2) não gostam de matemática e 3) não leram o texto. Embora ainda seja uma "reforminha" pois deixa de lado alguns setores, a reforma da previdência vem para acabar com grandes privilégios e trazer teto para quem está com renda assoberbada. A idade e expectativa de vida do brasileiro aumentou (é só não se envolver com crime) e o tempo de contribuição precisa aumentar para trazer sustentabilidade para os aposentados... Diferenças regionais e de sexo não são pautas para serem resolvidas com a previdência gente, por favor! Tem outras políticas para tratar desses temas...

A previdência do RN quebrou já entre 2012 e 2013 conforme gráfico abaixo. As contribuições são menores que os pagamentos e o tesouro estadual precisa cobrir a diferença. Com o uso do FUNFIR para pagamento de folha do pessoal da ativa, os recursos acabaram e o RN travou

Veja a evolução da previdência e da folha do RN. O montante da folha subiu e estagnou mas a da previdência continua a subir.

O fato é que o estado do RN é deficitário e mau gerido na priorização dos recursos. Em 2016 arrecadou R$ 10,1 bi e precisaria de R$ 11,9 bi para manter os serviços no padrão RN e Brasil de qualidade: asfalto ruins, hospitais lotados, educação básica de péssima qualidade com um dos piores IDEB do mundo... Nesse calculo tivemos um prejuízo real de R$ 1,8  bi embora o governo tenha apontado um prejuízo de apenas R$ 40 milhões depois de ter tirado do empenho meio mundo de despesas... O Brasil poderia ter mais qualidade de vida, mas isso passa pelo entendimento de um estado não mínimo, mas o estado honesto, o estado necessário e eficaz... E aí ser gestor de verdade faz toda diferença... #focanotrabalho Faz somente o "feijão com arroz" bem feito!!!

Em 2011 escrevi o artigo explicando porque o RN é pobre. Muitos amigos e amigas foram embora daqui por não terem oportunidade de trabalho dignas de seus talentos... Fica enficado aqui somente os funcionários públicos, os afilhados políticos de alguma autoridade, empresários e funcionários do comércio e algus outros teimosos que mais por medo de arriscar vão ficando e ficando e ficando que nem sapo que está numa panela com água e não percebe que ela vai esquentando, esquentando até que ele morre...

Mas o governador está se mexendo... Fico orgulhoso que meu último artigo desnudou o problema e levantou o tapete de onde está muitos problemas escondidos... Foi feita uma reunião e um plano de ação foi montado. Á princípio fala-se em venda de ativos e uma certa austeridade, mas ainda bem superficial diante de R$ 1,8 bilhão de problemas que o estado tem. Ele esqueceu que além de desinvestir (vender ativos e recompor caixa, focando no que é essencial), essa fraca redução de despesas vai apenas sanar o problema do estado por 30 segundos... após isso ele retorna... e aí não tem mais ativos pra vender... é preciso além da venda de ativos, cortar despesas é também estratégico INVESTIR... Quando digo investir me refiro além de atrair investimentos mais também criar condições para que prosperem e desenvolver educação básica de 1º mundo... Escolas de ensino básico e fundamental conectadas com ensino técnico e profissionalizante... Temos muitos canudos no mercado e pouca gente com espaço pra colocar a mão na massa... Precisamos de mais técnicos!!!

INVESTIMENTO

Além de educação, investir em logística que nem coloquei no link do artigo da história da pobreza e atraso do RN acima... Mesmo escrito em 2011 que a gente faça o que está ali e não foi feito...

É possível que o governador escreva uma biografia política como alguém que venceu uma grave crise...

AUSTERIDADE

Além de investir, as seguintes diretrizes de austeridade precisam ser adotadas:

1) ctrl c + ctrl v da PEC 55 (a pec do teto dos gastos) que não abrange estados e municípios limitando o aumento dos gastos à inflação do ano anterior

2) reforma da previdência estadual: dos 51 mil inativos apenas 8.700 contribuem. Se for cobrada contribuição eu estimo uma entrada de caixa no fundo previdenciário de R$ 568 milhões por ano.

3) cancelar todas as promoções, aumentos etc

4) corte de 1.100 funcionários comissionados na ALERN. Isso dará uma economia de R$ 72 milhões por ano

5) aumento da contribuição dos ativos de 11% para 14%. Isso acarretará uma receita para o fundo previdenciário de R$ 400 milhões por ano

6) privatizar a UERN. Isso acarretará um não-desembolso que funcionaria como uma receita de R$ 300 milhões por ano.

7) redução de despesas do MPRN e TJRN de R$ 300 milhões ano

8) revisão de isenções fiscais não estratégicas num montante de R$ 200 milhões ano

Pronto, ajeitei e dei a meta orçamentária para que o RN dê um resultado positivo e garanta meios de retornar às atividades tais quais antes dessa "trava".

DESINVESTIMENTO (VENDA DE ATIVOS)

Alguns ativos que tiram o foco da gestão, consomem tempo e recursos e são e/ou INÚTEIS, susbstituíveis, supérfluos ou podem ser melhor otimizados. Essas são estimativas pessimistas. Precisa de um estudo e de acesso à dados para afinar a valuation.

1) CAERN: mesmo com a denúncia envolvendo corrupção do governador com a Odebrecht, faz processo transparente de abertura de capital e vende 49% da CAERN que precisa melhorar MUITO em gestão, resultados etc... Isso trará pro caixa do estado POR BAIXO R$ 5 bilhões

2) venda do Papódromo R$ 15 milhões

3) venda do centro administrativo R$ 200 milhões

4) venda do centro de convenções R$ 50 milhões

5) venda do Juvenal Lamartine R$ 15 milhões

6)  venda da Potigás R$ 90 milhões

7) venda do prédio do DER R$ 5 milhões

Estou falando de uma entrada no caixa de R$ 5,4 bilhões de reais. Sabe o que dá pra fazer com esse dinheiro? Não sabe? Não se preocupe, nem nossos governantes sabem... Ainda há esperança e (tempo) para o RN... Basta alguém com sangue nos olhos para tomar a rédea... Muito provavelmente será criticado, escorraçado da vida política pois são medidas impopulares... Mas certamente quem as fizer merece um memorial de herói em um lugar que certamente será próspero e cujos cidadãos gozarão de bem-estar social... Eu aconselho a aplicar pelo menos R$ 1 bi no mercado financeiro... Um trader mediano conseguirira fazer pelo menos R$ 50 milhões de reais de ganhos por mês... Já era uma alternativa para recompor o FUNFIR...

 

 

 

 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário