Última atualização em .

Bolsonaro titubeia com a reforma da previdência e mercado desaba

Bovespa despenca -1,77% a 95.584 pontos com destaque para Itaú -1,89% (ITUB4), Ambev -6,15% (ABEV3), Bradesco -2,63% (BBDC4), Petrobrás ON -2,64% (PETR3), e Petrobrás PN -0,07% (PETR4). Dólar praticamente estável -0,01% a R$ 3,7509.

No início do dia o presidente Bolsonaro declarou que pode refazer uma proposta de reforma da previdência mais branda, acentuando inclusive a diferença entre homens e mulheres que essas devem se aposentar ainda mais cedo. A reforma é o principal driver do governo juntamente com uma pauta recorrente de abordar privatizações. Bom, como nada disso tem ocorrido e ainda com o presidente declinando de posições originais (uma praxe também dos seus ministros), o mercado reagiu com forte queda na bolsa e o índice perdeu o suporte nos 97 mil e encerrou o dia nos 95 mil ontos. Se uma revisão desse postura não ocorrer, a "era Bolsonaro" pode perder crédito internacional.

 

.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário