Última atualização em .

Bem vindo ao deserto do mercado real

Uma mistura de pânico, temor com resultados corporativos ruins e declínio das atividades econômicas das nações ao redor do mundo fizeram o investidor apertar o botão do "sell" (vender) para realizar lucros de 11 anos de subida de índices como o S&P 500 e de tantos outros das principais bolsas ao redor do mundo. Ok, medo, vende... mas... e agora? Deixa uma parte no caixa e compra de novo, uai. Caiu, ficou barato demais, probabilidade maior de um retorno e alta (nem que seja momentânea). Mercado vai na direção do boato e realiza no fato... Três, quatro, cindo dias -> bum -> vira de sinal -> rodada de negócios -> Três, quatro, cindo dias -> realizou um fato, agora vai vira e volta o movimento anterior... Como boa parte dos índices estavam em um mercado de alta, após algum fato novo que induza um retorno da confiança a tendência de baixa reverte e voltamos ao ciclo de alta... 

Em momentos de desespero como esse, investidores despreparados transferem dinheiro para os preparados. Esse preparo não é só técnico, mas sobre tudo psicológico, de resiliência, desapego e pragmatismo. Se o risco ou minha necessidade de rentabilidade estiver em descompasso com o jogo então faço o melhor hedge do mundo para mim: coloco tudo no caixa e deixo o mundo pegar fogo... Quando passar eu compro as cinzas bem baratinho...

A parte ocidental dos mercados operaram em alta hoje... Nesse momento, a bolsa australiana opera em queda...

A explosão da crise de 2008 com a implosão do sistema financeiro por causa do subprime americano fez com que o S&P 500 cair 38% por 1 ano quase ininterruptamente. Em 2020 o índice já caiu 15% em apenas 2 meses. Não dá para saber a extensão da epidemia do Corona Vírus ao redor do mundo e se as medidas de estímulo dos BC´s irão mitigar esses impactos na cadeia produtiva e na economia global.

Os destaques de hoje da Bovespa foram Itaú +2,48% (ITUB4), Ambev -1,70% (ABEV3), Bradesco +2,41% (BBDC4), Petrobrás ON +8,51% (PETR3), e Petrobrás PN +9,41% (PETR4). Bovespa subiu 7,14% aos 92.214 pontos. Dólar caiu forte 1,67% a R$ 4,654.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário