Última atualização em .

A Super Quarta foi um sucesso

Wall Street termina em alta após o Fed

Os principais índices de Wall Street fecharam em forte alta nessa Super Quarta, com o Dow Jones subindo mais de 300 pontos e o S&P 500 subindo cerca de 1% para estourar uma seqüência de derrotas de 4 dias após o dirigente do FED, Jerome Powell, ter reforçado que a redução não significava iniciar uma contagem regressiva para as taxas de juros subirem apesar de mais membros do FED esperarem um aumento nas taxas no próximo ano, em vez de apenas em 2023. Powell disse que uma redução nas compras de títulos poderia ocorrer em novembro e o processo poderia ser concluído em meados do próximo ano. Enquanto isso, os temores sobre a gigante chinesa Evergrande Group diminuíram um pouco depois que a empresa disse que faria o pagamento dos juros de seus títulos domésticos (credores chineses) amanhã, após deixar de pagar os juros a alguns de seus credores no início da semana.

No Brasil, avanços nos precatórios e a expectativa de ajuste gradual dos juros no Copom reforçaram o otimismo. O Comitê de Política Monetária elevou a taxa Selic em um ponto percentual para 6,25%, e disse ver alta de igual magnitude na reunião de novembro. “O balanço de riscos do Copom indica ser apropriado que o ciclo de aperto monetário avance no território contracionista” diz o comunicado, que prevê a Selic ao final deste ano em 8,25% e em 8,50% no próximo ano. O Banco Central citou a desaceleração do crescimento das economias asiáticas com a variante Delta do coronavírus e as surpresas inflacionárias recentes como fatores adicionais de risco, alertando também para o cenário fiscal e as commodities. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) +0,38%, Itaú (ITUB4) +2,32%, Bradesco (BBDC3) +2,25%, Petrobrás ON (PETR3) +3,24% e Petrobrás PN (PETR4) +2,54%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário