Última atualização em .

Wall Street recorde. Bovespa fumo (de novo)

O Dow Jones saltou mais de 200 pontos, e tanto o S&P 500 quanto o Nasdaq Composite alcançaram um novo nível recorde na quinta-feira com fortes relatórios de lucros. Os resultados do Carlye Group, Caterpillar, Comcast e Merck superaram as previsões do mercado. Além disso, as ações da Ford saltaram mais de 8% em uma grande surpresa de lucros reportados, enquanto eBay e Twilio caíram na fraca orientação de estratégia futura. Em relação aos dados econômicos, os números mais recentes mostraram que a economia dos EUA cresceu menos do que o esperado no terceiro trimestre, como um aumento nos casos de COVID-19 e restrições de oferta global pesadas no consumo e na produção. Enquanto isso, as ações da Amazon caíram mais de 3% após o fechamento, depois de anunciar uma queda expressiva de lucros e receitas da empresa.

O Ibovespa fechou no pior patamar em 11 meses, com aumento das preocupações fiscais em meio às discussões sobre a extensão do auxílio emergencial e à possibilidade de um novo decreto de calamidade pública. O índice caiu 0,62%, a 105.704 pontos. Nessa esteira, a curva de juros hidratou o prêmio em toda extensão em até 89 pontos-base. O dólar futuro subiu 1,91%, a R$5,645, acelerando no fim do pregão após Bolsonaro citar interferência na Petrobras. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) +9,72%, Itaú (ITUB4) -0,21%, Bradesco (BBDC3) -0,97%, Petrobrás ON (PETR3) +0,96% e Petrobrás PN (PETR4) +0,94%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário