Última atualização em .

Números do INDEC - departamento de estatísticas nacional - da Argentina manipulavam os dados da inflação e reduziam o índice em até 50%. Organismos internacionais estavam censurados de fazer o estudo desde 2012. Macri está reestruturando o departamento. Fonte: The Economist 2016

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário