Última atualização em .

Mau humor derruba mercados

Ações dos EUA fecham em baixa. Ações de empresa de tecnologia afundam

Wall Street fechou no vermelho nessa quarta-feira em meio a uma queda acentuada nas ações de empresas de tecnologia. No lado da pandemia, a OMS alertou que muitas regiões estão vendo aumentos nos contágios de COVID-19, com Alemanha, França, Chile e Brasil aplicando bloqueios mais rígidos. Do lado macro, os preços do petróleo recuperaram 6% e impulsionaram os preços das ações no setor da energia, enquanto o rendimento do Tesouro a 10 anos manteve-se em cerca de 1,64%. O Dow Jones perdeu 2 pontos ou menos de 0,1% para 32.421. O S&P 500 caiu 21 pontos ou 0,6% para 3889. O Nasdaq 266 pontos ou 2% para 12.962.

Aqui no Brasil, preocupações com equilíbrio fiscal com os gastos do país na pandemia e demora em um calendário mais intenso de vacinação no país que dia a dia eleva o registro de recordes de mortes, deixaram investidores pessimistas. Some-se a isso ao rumor de calote da Argentina na dívida com o FMI e vemos um cenário tenso no continente. O Ibovespa fechou em queda de 1,06%. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) -1,86%, Itaú (ITUB4) -1,74%, Bradesco (BBDC3) -1,57%, Petrobrás ON (PETR3) -0,09% e Petrobrás PN (PETR4) +0,09%. Chamou a atenção a alta de 12,77% do Carrefour (CRFB3) após anúncio de compra do Grupo Big, da rede Walmart. O fato consolida o Carrefour na liderança do setor no país.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

  1. joke em #

    Mau humor derruba mercados | FBC

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário