Última atualização em .

Pessoas brihando, felizes e Bovespa dá um pinote

Wall Street luta para ganhar tração e subir

Os índices de ações dos EUA fecharam uma sessão instável e em baixa nessa quarta-feira, deixando o S&P 500 logo abaixo de seu recorde de alta, já que os investidores procuravam novos catalisadores para empurrar os índices para cima ou pelo menos justificar as avaliações atuais. As últimas atas da reunião do Federal Reserve não trouxeram muitas surpresas, já que o FED está mantendo as taxas e as compras de ativos inalteradas, embora esteja reconhecendo uma perspectiva econômica de melhoria e o aumento da inflação. 

Aqui no Brasil, os investidores ignoraram o exterior azedo e Ibovespa subiu forte refletindo as divulgações de resultados corporativos que expressam recuperação dos lucros corporativos e a divulgação do CAGED forte de março com país gerando 184.140 postos de trabalho. O índice Ibovespa subiu 1,39% aos 121.053 pontos. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) +0,13%, Itaú (ITUB4) +4,47%, Bradesco (BBDC3) +5,07%, Petrobrás ON (PETR3) +3,78% e Petrobrás PN (PETR4) +3,81%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário