Última atualização em .

A Ascensão da Bovespa

O mercado de ações dos EUA reduziu os ganhos do início do pregão para encerrar a sessão de terça-feira virtualmente estável, à medida que muito do entusiasmo inicial sobre os números do PMI melhores do que o esperado diminuiu, com os investidores mais uma vez abalados por preocupações com a inflação galopante nos EUA. O ISM Manufacturing PMI subiu para 61,2 em maio, superando as previsões de 60,9, e o Markit Manufacturing PMI foi revisado para um novo recorde. No exterior, o índice do gerente de compras de manufatura de Caixin atingiu a maior alta em cinco meses e apontou para uma aceleração geral do crescimento do indicador. As ações das empresas de materiais, energia e industriais reafirmaram seu ímpeto de alta, enquanto o setor de alta tecnologia continuou a enfrentar alguma pressão, com investidores buscando grupos que se saiam bem em uma recuperação econômica. O Dow Jones somou 46 pontos, ou 0,1%, para 34.575. O S&P 500 caiu 2 pontos, ou 0,1%, para 4.202. O Nasdaq Composite Index diminuiu 12 pontos, ou 0,1%, para 13.737.

O mercado financeiro brasileiro acompanhou otimismo internacional mas manteve alta influenciado por divulgação de crescimento do PIB no 1T2021 de 1,2% acima do conseno, e com sinalização de apoio de câmara e senado para as pautas do governo. O Ibovespa fechou em alta de 1,63% aos 128.267 pontos, uma máxima histórica. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) +4,57%, Itaú (ITUB4) +3,64%, Bradesco (BBDC3) +1,79%, Petrobrás ON (PETR3)  +2,18% e Petrobrás PN (PETR4) +1,56%. Como venho dizendo: a Era do Otimismo chegou... Todos saúdem o Deus Bovespa...

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário