Última atualização em .

Wall Street encerra a semana em patamares recordes

e o Ibovespa atolado no brejo...

O Dow Jones e o S&P 500 terminaram a semana em território recorde, com os investidores saudando os fortes resultados de lucros, dados otimistas do mercado de trabalho e a aprovação de um enorme projeto de infraestrutura pelo Senado. No front corporativo, os ganhos trimestrais da Walt Disney superaram as expectativas, já que seus serviços de streaming conquistaram mais clientes do que o esperado e seus parques temáticos voltaram a ser lucrativos. Na próxima semana, todos os olhos estarão voltados para a ata da última reunião de política do Fed em busca de pistas sobre o caminho do estímulo da era da crise, após a divulgação de dados mistos de inflação no início desta semana. O Dow e o S&P 500 ganharam 0,8% e 0,6% nesta semana, respectivamente, enquanto o Nasdaq Composite perdeu 0,1%.

No Brasil, o Ibovespa subiu 0,41% aos 121.193 pontos com risco fiscal à vista com o ímpeto populista do governo em, às vésperas das eleições de 2022, aumentar o Bolsa família e dar "calote" nos credores de precatórios, uma versão 2.0 das pedaladas fiscias da era Dilma. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) +0,42%, Itaú (ITUB4) -+1,35%, Bradesco (BBDC3) +0,66%, Petrobrás ON (PETR3) +1,56% e Petrobrás PN (PETR4) +0,86%. 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário