Última atualização em .

Para investir o BR é BOM-BA

Enquanto isso S&P e Nasdaq renovam altas históricas

O S&P 500 e o Nasdaq fecharam em novas máximas nessa segunda-feira, estendendo os fechamentos recordes de sexta-feira impulsionados pelas principais ações das empresas de tecnologia, incluindo Microsoft, Apple e Netflix. Enquanto isso, o Dow Jones perdeu 55 pontos ou 0,2% devido ao peso da queda das empresas do setor de finanças e das companhias aéreas, já que a UE está prestes a reintroduzir uma proibição de viagens não essenciais aos EUA devido ao Covid-19. Os investidores continuam a digerir uma postura dovish do Fed depois que o presidente Powell indicou no simpósio de Jackson Hole que o banco central diminuiria estímulos até o final do ano e que aumento da taxa de juros ainda está longe. A atenção agora se volta para a divulgação de dados em busca de mais pistas sobre a força da recuperação econômica dos EUA, com o relatório da folha de pagamento e os PMIs ISM ocupando o lugar central esta semana.

Conforme venho alertado aqui já tem algum tempo, o Ibovespa se descolou estruturalmente do otimismo internacional devido a crise política entre o executivo e o judiciário e uma grave crise hidríca e energética que se aproxima. O Ibovespa caiu 0,78% aos 119.739 pontos. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) +0,82%, Itaú (ITUB4) -0,72%, Bradesco (BBDC3) -0,85%, Petrobrás ON (PETR3) -1,24% e Petrobrás PN (PETR4) -0,67%.

 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário