Última atualização em .

Desce mais, desce mais um pouquinho... Bovespa encerra agosto com 2,48% de queda

S&P e Nasdaq terminam agosto próximos de níveis recordes

O mercado financeiro dos EUA fechou hoje ligeiramente em baixa, mas permaneceu perto de níveis recordes nessa terça-feira e registrou sólidos ganhos mensais, já que veio com divulgações de fortes resultados corporativos, aliado a um Fed dovish e as perspectivas de um aumento nas taxas de vacinação, o que manteve em alta o ânimo dos investidores. Em agosto, o Dow Jones conseguiu registrar alta de 1%; o S&P 500 subiu 3%, o sétimo mês consecutivo de vitórias; e o Nasdaq somou 4%, o terceiro mês consecutivo de ganhos.

Conforme venho alertado aqui já tem algum tempo, o Ibovespa se descolou estruturalmente do otimismo internacional devido a crise política entre o executivo e o judiciário e uma grave crise hidríca e energética que se aproxima e pressão inflacionária. O Ibovespa caiu 0,80% aos 118,781 pontos. Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) -0,47%, Itaú (ITUB4) +1,31%, Bradesco (BBDC3) +0,86%, Petrobrás ON (PETR3) -2,79% e Petrobrás PN (PETR4) -3,92%. Hoje o pessimismo foi agravado pela queda das commodities no mercado mundial.

 

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário