Última atualização em .

O populismo de Bolsonaro é pior que uma pandemia

Enquanto isso Wall Street renova recordes de altas

O Dow Jones fechou 0,2% acima, atingindo um novo recorde após divulgação de relatórios de lucros corporativos sólidos nas divulgações de resultados do 3T2021, o que fez com que as ações da Amex subir mais de 6% após a empresa relatar lucros e receitas melhores do que o esperado. Enquanto isso, S&P caiu ligeiramente para terminar em 4.545 e o Nasdaq caiu 0,9% arrastados para baixo pela Intel e Snap. O Snap caiu cerca de 26% depois que a empresa de mídia social disse que espera que o crescimento diminua de acordo com as novas diretrizes de privacidade IOS da Apple, que afetarão os anúncios da empresa. A Intel caiu cerca de 12% depois que a empresa informou vendas mais fracas do que o esperado, já que as vendas de computadores foram impactadas pela escassez de componentes. Ainda assim, S&P (+ 1,6%), Nasdaq (+ 1,3%) e Dow Jones (+ 1,1%) no fechamento semanal.

O Índice Bovespa oscilou fortemente nesta sexta-feira e reduziu as perdas no fim do dia, mas fechou a semana com a maior queda desde março, reflexo da piora das expectativas fiscais com a proposta do governo de mudar no Congresso a âncora do Teto de Gastos. A permanência do ministro da Economia, Paulo Guedes, fez o dólar reverter a alta e reduziu os juros, mas a piora do cenário econômico se mantém, como mostram as revisões para cima das projeções de alta da Selic. O Ibovespa recuou 1,34% a 106.296 pontos para acumular perda semanal de 7,24%, a maior desde o início da pandemia, com riscos fiscais acentuados e mudanças na equipe da Economia. A confirmação de permanência de Guedes, porém, amenizou a queda do índice e a disparada dos juros e do câmbio. O dólar futuro recuou 0,24%, mas subiu 3,26% na semana. A curva de juros encerrou mista, com a maior alta do DI para 2023, de 37 pontos-base. 

O gráfico da inflação está a seguir... A irresponsabilidade fiscal aliada a ausência de privatizações e reformar estruturantes junto com o fechamento da economia por governadores e prefeitos tem uma conta alta. E quem vai pagar é o povo pobre.

 

Os destaques de hoje foram para Ambev (ABEV3) -0,92%, Itaú (ITUB4) -3,84%, Bradesco (BBDC3) -3,28%, Petrobrás ON (PETR3) -1,97% e Petrobrás PN (PETR4) -0,98%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário