Última atualização em .

Wall Street realiza ganhos no último pregão do ano e fecha em queda

Mas saldo de 2021 é extremamente positivo.

Conforme nossas estimativas divulgadas desde o início de dez/21, mundo financeiro está vacinado contra o Ômicron.

Wall Street realiza ganhos no último pregão do ano e fecha em queda nessa quinta-feira em um dia com um volume de comércio leve. Tanto o S&P quanto o Dow caíram 0,3% de altas recorde no pregão anterior, enquanto o composto do Nasdaq caiu 0,2% e estendeu as perdas pela terceira sessão consecutiva, já que as ações de empresas de viagens em cruzeiros despencaram e visualizam horizontes sombrios à frente depois que o CDC disse que as pessoas deveriam evitar viagens em cruzeiros, enquanto as empresas big tech também caíram. Os investidores continuam a avaliar o impacto que a variante omicron terá na economia global, já que a variante está se comportando de forma menos grave do que a causada por outras cepas. Do lado corporativo, as ações da Biogen despencaram quase 8% depois que a Samsung negou um relatório no The Korea Economic Daily de que estava em negociações para comprar a farmacêutica. No acumulado do ano, o S&P 500 subiu 27,2%, o Nasdaq 24% e o Dow Jones 18,9%. Rumo a 2022, os investidores permanecem otimistas com a continuação da recuperação econômica, enquanto o Fed deve apertar mais rapidamente o ciclo de fim de estímulos, já que a inflação permanece alta, as interrupções no fornecimento persistem e a pandemia do coronavírus está longe de terminar.

O índice Bovespa confirmou a pior performance em termos anuais desde 2015 e fechou o ano com queda de 12%, quebrando uma sequência de cinco anos consecutivos de ganhos. Na última sessão do ano, na contramão de Nova York, o Ibovespa subiu 0,69%, aos 104.822 pontos, com apoio dos papéis da mineradora Vale, que se beneficiaram de leve recuperação de preços no porto chinês de Qingdao. As ações de Magazine Luiza também avançaram na sessão. Semana terminou com leve recuo, de 0,07%, e dezembro acumulou alta de 2,85%. O Ibovespa encerra o ano 19,84% abaixo da máxima recorde de fechamento, de 130.776 pontos registrados no dia 7 de junho. Os destaques de hoje vão para Ambev (ABEV3) -0,19%, Itaú (ITUB4) -1,64% Bradesco (BBDC3) -0,61%, Petrobrás ON (PETR3) -0,81% e Petrobrás PN (PETR4) -0,32%.

Pingbacks

Pingbacks estão abertas.

Trackbacks

Trackback URL

Comentários

Ainda não há comentários.

Publique seu comentário